Os vizinhos pediram a um médico que mudasse de casa devido ao coronavírus – “Não tenho para onde ir”.

Tudo aconteceu na Argentina, em Moron, onde o médico Marcelo Roldan, saiu de casa para mais um de seus longos e exaustivos turnos no hospital, quando encontrou uma folha na sua porta com uma mensagem lamentável da parte dos seus vizinhos.

Vizinhos pedem a médico que mude de casa

“Olá, Dr. Roldan. Sabemos do seu bom trabalho no hospital e agradecemos, mas você também deve pensar nos vizinhos. Aqui estão crianças e idosos: pedimos que encontre outro lugar para ficar, até que a epidemia de Covid-19 passe”.

Vizinhos pedem a médico que mude de casa

Um ato de egoísmo e falta de gratidão com quem faz sacrifícios e dá o melhor de si, lutando pelo bem-estar da comunidade. Exatamente aquela comunidade que, em vez de expressar proximidade, tentou afastar o médico.

Vizinhos pedem a médico que mude de casa

O médico afirmou que: “Convidam-me a ir para outro lugar por causa da pandemia, porque sou médico. Eu, no entanto, não tenho outro lugar para ir. O medo, às vezes, tira fora o pior de nós”.

I próprio Marcelo, em casa, evita ter contato direto com a família e muito menos vizinhos, mas as pessoas são guiadas apenas pelo egoísmo e medo.