Vítor Pereira doa milhares de equipamentos médicos a hospitais. O campeonato chinês continua suspenso por tempo indeterminado, como medida de prevenção ao Covid-19 e o treinador português Vítor Pereira, juntamente com os jogadores que integram o plantel do Shanghai SIPG doou, num ato de solidariedade, milhares de materiais necessários ao combate da propagação do vírus.

Segundo avança a imprensa chinesa, a dois hospitais do Xangai foram doados milhares de equipamentos médicos, numa altura em que se encontram esgotados na cidade. Com o conhecimento do clube, foram enviadas 30 mil toucas cirúrgicas e 20 mil máscaras faciais compradas fora do país para ajudar a terminar com a epidemia.

A encomenda, saliente-se, chegará às instalações médicas após serem verificadas e feitos os procedimentos necessários.

Após dias de crescimento, o número de casos de coronavírus fora da China já é maior do que os infectados em território chinês. Mais de 81.600 casos confirmados nos outros países. Na China, o número de casos confirmados era de 81.003, segundo atualização em tempo real da Universidade John Hopkins, baseada em informações oficiais dos países.

A Europa tornou-se um epicentro da nova fase do coronavírus, que se vem espalhando por dezenas de países do globo. Dos 15 países com mais casos confirmados, 11 são europeus. Além da Itália, os países com maior número de pacientes confirmados são Espanha (7.798 casos), Alemanha (5.426 casos) e França (4.511 casos).