Proibição do uso de máscaras comunitárias de tecido Alemanha, França e Áustria. Os governos destes Estados estão preocupados com a nova variante do vírus e o objectivo é obrigara à utilização de máscaras com maior capacidade de filtração em público.

A “CNN” revela que o governo francês passou a exigir aos cidadãos que utilizem máscaras cirúrgicas de utilização única (FFP1) ou máscaras FFP2, que têm uma capacidade de bloquear 90 por cento das partículas.

A Alemanha, segue o mesmo caminho e Angela Merkel determinou a utilização das máscaras FFP1 ou FFP2 obrigatória em espaços públicos, nos transportes ou nos locais de trabalho.

Também a Áustria vai introduzir proibe as máscaras comunitárias já a partir da próxima segunda-feira, 25 de janeiro.