Temperaturas a rondar os 40 graus chegam a Portugal já este fim de semana. Desloca-se para Oeste a massa de ar quente proveniente do Norte de África e isto fará com que este fim de semana se registem altas temperaturas em Portugal Continental.

Segundo a meteorologista Ilda Novo, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Portugal esteve sobe a influência marítima de uma depressão atmosférica proveniente do Oceano Atlântico, que faz com que o ar se tornasse menos quente.

Acontece que esta massa de ar quente, proveniente do Norte de África (deserto do Saara), que está a causar temperaturas extremas na Alemanha, na Suíça e em França, onde os termómetros registam cerca de 40 graus Celsius, está a deslocar-se para Oeste, fazendo com o que o nosso país ainda seja atingido já este fim de semana.

Irá registar-se 39 graus Celsius em Reguengos de Monsaraz e Barrancos e 37 graus Celsius em Beja e em Castelo Branco. Em Portalegre as temperaturas chegarão aos 35 graus Celsius e em Bragança aos 34.

As temperaturas no litoral serão mais amenas, com temperaturas máximas de 27 graus Celsius em Lisboa e 24 no Porto, bem como em Viana do Castelo e Leiria.

O calor extremo que se faz sentir na Europa Central, resulta da massa de ar “quente e persistente”, o que faz com que se registem temperaturas muito intensas para esta altura do ano, explica a meteorologista.

São vários os países da Europa que irão bater recordes de temperaturas máximas. .

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) informou que esta é uma onda de calor como nunca aconteceu anteriormente no mês de junho.

“O inferno está a chegar”, descreveu a meteorologista do canal espanhol RTVE Silvia Laplana.

Em todos estes países, o riscos de incêndio é muito maior. As temperaturas máximas extremadas também poderão provar danos e fendas no alcatrão das estradas e danificar as estruturas das linhas ferroviárias, o que pode originar descarrilamentos e outro tipo de acidentes.

Com isto, as autoridades recomendam à população que permaneça em casa nas horas de maior calor, o uso de protetor solar, óculos de sol e chapéu, a ingestão regular de líquidos.