Merkel afirmou que atual situação pandémica em Portugal podia ter sido evitada caso o nosso país não tivesse aberto a porta aos ingleses o que permitiu a entrada da variante Delta no País. 

Para ela, a situação actual “podia ter sido evitada” com a restrição à entrada de turistas britânicos em Portugal: “O que lamento é que ainda não tenhamos conseguido um comportamento uniforme entre os estados-membros em termos de restrições a viagens. Isto é um tiro pela culatra“, disse numa conferência de imprensa.

“Temos uma situação em Portugal que talvez pudesse ter sido evitada e é por isso que temos que trabalhar ainda mais intensamente nisto”, acrescentou. “Fizemos um progresso muito bom nos últimos meses, mas ainda não estamos onde gostaria que a União Europeia estivesse”, assumiu a chanceler alemã.