Ser feliz não é ter muito dinheiro no bolso, mas sim um coração recheado de paz. Para uns, felicidade é dinheiro no bolso, cerveja no frigorífico, roupa nova no armário.

Para outros tantos, ser feliz é conhecer o mundo, ter um conhecimento profundo das coisas da Terra e do Ar. Mas, para mim, ser feliz é diferente. Ser feliz é ser gente, é ter vida que como dizia o poeta: “É bonita, é bonita e é bonita…”

Ser feliz é ver todos os dias um sorriso de criança, é a música, é a dança, é a paz, é o prazer de descobrir a cada dia que a vida se inicia novamente, a cada amanhecer.

Ser feliz é fazer da vida uma grande aventura, a maior loucura, um enorme prazer.
Ser feliz é ser amigo mas, antes de tudo, é ter amigos maravilhosos.

Será mesmo que o dinheiro, fama ou poder são, de facto, as chaves para ser feliz e estar em paz, contrariando o que mostram muitos comerciais, novelas, revistas de celebridades e afins?

O que pensarias se alguém te dissesse que é possível sentires-te em paz consigo mesmo e conquistar a felicidade sem precisar acertar sozinho no euromilhões?

Entende que nem tudo na vida pode ser provado de forma palpável. Há coisas que não conseguimos explicar. Simplesmente, sentimos.

Observa alguém que, consciente ou não, adota para si uma postura de solidariedade e amor ao próximo. Vais poder perceber (ou até sentir) uma paz de espírito invejável, tanto na maneira de falar, quanto na expressão facial.

Alguns mais sensíveis percebem essa paz até na atmosfera do ambiente. Se já entraste num lugar pesado, carregado de raiva e má vontade, sabes o que estou a dizer

Por incrível que possa parecer, muitas pessoas alimentam um pensamento infantil e primitivo, gerando a falsa impressão de que amar ao próximo é um ato de vergonha, ilusão e ingenuidade.

Especialmente aqueles que procuram aceitação numa sociedade cada vez mais individualista e desumana, que procura sempre levar vantagem em tudo, não importando quem ou o que tenha que atropelar. Acreditam no cada um por si.

Por mais conquistas materiais e sociais que essas pessoas possam ostentar, consegues imaginar o quanto são vazias e dependentes?

Não caias nesta armadilha, porque ser feliz não é ter muito dinheiro no bolso, mas sim um coração recheado de paz.

Créditos: Marco