Recluso da cadeia de Lisboa apanhado a relaxar e a ver Netflix na cela. O homem encontra detido na prisão de Lisboa e foi visto com Netflix, seringas e esteroides anabolizantes depois publicar fotografias nas redes sociais.

Foi o próprio preso que publicou as fotografias e vídeos nas redes sociais, dando conta do bem-estar que se vive no interior da cadeia.

Foi possível perceber que ele assistia e tinha junto a si seringas e esteroides anabolizantes.

Os guardas prisionais foram informados da situação e fizeram uma busca à cela do homem, no início da semana, confirmando as suspeitas.

Os guardas acabaram por apreender uma televisão, um telemóvel e os esteroides injetáveis, tendo o detido sido alvo de um processo disciplinar.