“Terminei a quimioterapia mais agressiva…”, afirmou Marco Paulo que luta contra um cancro na mama. O cantor foi operado no final de Janeiro e encontra-se a recuperar.

No programa “Praça de Alegria”, da RTP1, revelou estar atravessar uma “batalha grave, complicada” e revelou que terminou o último tratamento de mais uma sessão de quimioterapia:

“Já fiz o último tratamento de quimioterapia, que era um tratamento muito agressivo, mas que não deixou assim grandes sintomas de mal-estar, vómitos, dores de cabeça…”, disse.

À revista Nova Gente, afirmou agora que a pior parte já está ultrapassada: “Tenho estado a fazer as sessões de quimioterapia. Era para fazer seis sessões, fiz quatro. Estava a fazer de 15 em 15 dias. São tratamentos muito agressivos. Caiu-me logo o cabelo, mas isso é o menos. Os sintomas podiam ter-me deitado muito abaixo mas, felizmente, não senti nada e emagreci só uns gramas, até porque me aconselharam a continuar a comer bem”, disse o cantor.

O cantor de 75 anos de idade, revelou que não vai fazer radioterapia: “Já não faço, por enquanto. Mas é bom sinal, porque os exames não mostram metástases. Ou seja, reduziram-se tudo isso. Terminei a quimioterapia mais agressiva, e agora vou fazer apenas durante três meses, uma vez por semana, uma quimio de precaução que já não é tão pesada”, frisou.