Um motociclista expôs um posto de combustível da Galp no BARREIRO. O homem deslocou-se ao referido posto por forma a atestar, mas apercebeu-se de que ele é que estava a ser montado por trás, à bruta.

Assim a pistola da mangueira, em vez de sair combustível saía apenas ar… mas o preço a pagar continuava a subir!

Parece que o ar do Barreiro está a ficar a preço de ouro mesmo que fiques a apanhar do ar pelo porquê.