Maria Vieira acusa Herman José de “espalhar calúnias” e ter “inveja” de si. A parrachita escreveu na suas redes sociais que “Continuamos a sustentar uma rede pública de televisão que é absolutamente medíocre, que ninguém vê e que apenas serve de plataforma propagandística ao governo socialista e de amparo financeiro a uma enorme quantidade de parasitas, de gente sem competência e sem talento e de amigos e compadres do sistema e do regime”,disse.

E continuou “Ninguém, com cérebro, perde o seu tempo a ver a RTP! Tem lá coisa mais deprimente do que assistir aos entediantes programas do Herman José, por exemplo, onde ele passa o tempo a dissertar sobre a sua desinteressante vida pessoal, impedindo os convidados de venderem o seu próprio peixe!”.

O programa do fulano tem audiências miseráveis, ninguém perde o seu tempo a ver aquela estopada e no entanto ele continua no ar porque o Nuno Artur Silva, que foi sócio dele durante vários anos, é que manda na RTP e por lá o vai mantendo a doses de pão de ló engordurante…”.

Questionada se vê os programas de Herman, ela respondeu: “Não vejo. Como sabe, nos dias que correm, as redes sociais informam-nos até daquilo que nós não queremos saber. E de resto as audiências alcançadas pelas televisões estão disponíveis em vários sites, há muitos anos que o Herman José é acusado de não deixar falar os seus convidados, de ser um chato e um arrogante de galochas e de ser um protegido do Nuno Artur Silva que foi sócio dele durante muito tempo. E se assim não fosse, o Herman José já não faria televisão há mais de uma década pois as audiências dele são absolutamente miseráveis e insustentáveis até para uma televisão pública que é paga pelo desgraçado do povo!”.

“Nada devo ao Herman José e ele nada me deve a mim. Trabalhei com ele e para ele, ele sempre me pagou muito bem e a tempo e horas e é tudo. De resto, não tenho nem nunca tive nada em comum com ele, nunca fomos realmente amigos (apesar de muita gente achar o contrário) e a prova disso mesmo é que ele foi uma das pessoas que mais espalhou mentiras e calúnias a meu respeito apenas por despeito e por inveja da carreira internacional que eu tive na TV e no cinema e que ele nunca teve, apesar de sempre o ter desejado.