A lutar contra cancro da mama, a comentadora da TVI afirmou: “Estou careca e amo-me”, disse Patrícia Cipriano, no programa Dois às 10.

“Não há barreiras, para gostares de ti. Não há limites, para o que podes usar. Não há obstáculos, para amar quem quiseres, desde que este também o queira”, disse.

E continuou: “A radiologia disse-me imediatamente que havia uma diferença de volume entre uma mama e a outra e que não era coisa boa certamente e que eu tinha que ir, imediatamente, fazer uma biópsia e a partir daí…”.

A advogada acrescentou ainda: “Eu tenho dois filhos para criar sozinha, e eu pensei “eu não posso morrer, eu tenho dois filhos para criar” eu não sabia o que havia de fazer (…). Eu disse-lhes “eu vou viver” e eu sinto que vou viver, não ponho outra hipótese”.