Um jovem pediu ajuda para encontrar um lar para os seus animais: “Não posso mais cuidar deles, estou doente”. A quarentena permitiu Edwin Salvando Huellas do Peru de manter os seus 90 cães que ele salvou das ruas nos últimos anos.

Agora, o jovem solicita ajuda on-line para que as pessoas adotem os seus cães amados. Ele fez um apelo emocional nas redes sociais para ajudá-lo a cuidar de seus 90 cães, escreve a Wapa.

A quarentena fez com que a interrupção total das atividades não lhe permitisse gerar renda suficiente para sustentar todos os seus amigos de quatro patas.

Alguns dos cães que ele abriga têm uma deficiência e, até agora, Edwin fez tudo o que podia para mantê-los sãos e salvos. Mas ele está a ficar sem dinheiro e Edwin está preocupado com como ele poderá comprar comida para seus filhotes.

“Há 90 que gostaria de ver adotadas. A verdade eu não posso mais. A comida está acabando e não podemos mais. Eu gostaria de pedir seu apoio. Se você quiser adotá-los, vá em frente. Eu também estou um pouco delicado em saúde, então não consigo lidar com tudo “, diz Edwin no vídeo em movimento e continua:

“É muito difícil alimentar 90 animais e não posso mais dar a eles a comida necessária por razões económicas. Agora, se tu pudesses apoiar-me para continuar e para que esses animais possam comer.

Os cães são muito gratos a Edwin e se recusam a deixar o local, apesar das circunstâncias.

Muitas pessoas reagiram ajudando e algumas horas atrás, ele postou nsua página no Facebook que, com a ajuda que recebeu até agora, puderam comprar 9 sacos de arroz e 6 sacos de batatas.

Mas Edwin ainda precisa de ajuda, porque há muitos cães que ele precisa alimentar e que precisam ser adotados.