Um homem com cancro terminal realizou o seu ‘último desejo’ que é viajar a Portugal. De nacionalidade holandesa, o homem de 78 anos, conseguiu ver cumprido o seu último desejo de vida que era vir a Portugal.

Foi-lhe diagnosticado um cancro de fígado que de acordo com informação médica não dá grandes expectativas de vida ao homem.

Uma instituição que tem como objectivo realizar os últimos desejos das pessoas doentes deu-lhe a oportunidade de passar alguns dias na casa da sua filha mais velha, nas Caldas da Rainha.

Homem com cancro terminal

Jan Westerhout trabalhou como cozinheiro em barcos e teve amigos portugueses que o levaram a descobrir Portugal. Esteve de férias com a família junto à zona das Caldas da Rainha, onde a filha mais velha acabou ficar a viver.

As viagens de visita ao nosso País deixaram de acontecer em 2017 quando o holandês começou a ter problemas de saúde e em junho deste ano recebeu a noticia de que estaria com cancro de fígado.

Uma enfermeira soube da vontade de visitar a região das Caldas da Rainha pela última vez e articulou com a Ambulance Wens Nederland, que tornou possivel o desejo do homem vir a Portugal.

Uma ambulância especial com o holandês e a sua mulher, uma enfermeira especializada e um motorista chegaram às Caldas da Rainha após 2200 quilómetros de viagem.

O homem quis vir ao nosso país para assim se despedir da região e dos amigos que fez em Portugal. Foi uma viagem com sorrisos e simultaneamente tristeza, devido ao fim anunciado.

Um momento bonito e ao mesmo tempo triste. O importante é que a vinda pela última vez a Portugal valeu a pena.

Créditos: Informa Mais