Filipa Martins conseguiu o ouro na trave em ginástica artística. A ginasta deu cartas na Taça do Mundo de ginástica artística que ocorreu em Guimarães.

A este troféu, Filipa troféu junta ainda o bronze conquistado no passado fim de semana em paralelas assimétricas.

A ginasta Beatriz Cardoso alcançou o quinto lugar nos concursos de trave e soloMariana Pitrez foi sétima nesta modalidade.

José Ferreirinha é o treinador das ginastas portuguesas e é da opinião que o desempenho das atletas foi muito bom assumindo que a Taça do Mundo constituiu-se como uma preparação para o campeonato do Mundo que se realizada dentro de 15 dias em Estugarda, e que será importante para o apuramento olímpico.

“Nós estávamos com a preparação um bocado atrasada, devido a alguns constrangimentos físicos, que nos fizeram interromper algumas sessões de treino.

Fiquei contente, uma vez que nenhuma prestação teve falhas graves e isso foi bom. Senti as notas um pouco baixas nas paralelas. De qualquer forma, as prestações foram boas e isso já foi um sinal positivo que nos dá garra a nós e às ginastas”, afirmou assessoria de imprensa da Federação de Ginástica de Portugal.

Filipa Martins consegue ouro

Petrix Barbosa foi quarto nos saltos, na vertente masculina. Depois de uma falha que não lhe permitiu manter o terceiro lugar das qualificações, o atleta acabou por cair uma posição.

Já Bernardo Almeida foi quinto em paralelas e sétimo na barra fixa, após conseguir conquistar o bronze nas argolas, no passado Sábado.

Créditos: PT Jornal