A fortuna de Roberto Leal está avaliada em milhões de euros. O cantor teve uma infância difícil acabando por ir para o Brasil onde ganhou reconhecimento, fama e fortuna.

Ele vendeu 17 milhões de discos e deu mais de 5 mil concertos. Os discos continuam a dar lucros devido aos direitos de autor. Roberto Leal teve uma mansão no Morumbi, Brasil e tinha 7 empregados e 2 seguranças.

Comprou um palacete em Sintra que vendeu mais tarde ao estado que simplesmente deixou ao abandono. Tem ainda uma grande quinta no Carregado várias propriedades em S. Paulo.

A família do cantor agradeceu todo o apoio de Portugal. Rodrigo Leal, um dos filhos de Roberto Leal, partilhou uma mensagem para os que se preocuparam em enviar mensagens de apoio perante a notícia da morte do artista.

Numa entrevista concedida à correspondente da SIC no Brasil, na Casa de Portugal, Rodrigo deixou as seguintes palavras: “Antes de mais, preciso mandar um abraço a Portugal. Portugal ontem conseguiu emocionar a família toda, com mensagens que chegaram a todo o instante”.

“Obrigado, vocês que conhecem a gente, que sabem o amor e o carinho que o meu pai tem por Portugal. Só temos a agradecer as imagens, as mensagens, todo o carinho que têm mandado. Um beijo do tamanho do mundo, muitas saudades de Portugal”, disse o filho do cantor..

“O corpo vai-se embora, fica a mensagem, a música, fica a alegria, acima de tudo. As pessoas ontem começaram a lembrar Roberto Leal como um cara de fé, de paz, um homem de bem, de muita vida e alegria. É isso que ele gostaria hoje que as as pessoas lembrassem dele, dessa forma, com muita alegria, coragem e fé”, rematou.

Recorde-se que Roberto Leal partiu com 67 anos na sequência de um cancro.