Acredita, existem “anjos” sem asas espalhados pela terra. É dessa forma que devemos ver as pessoas que nos querem e nos fazem bem.

Infelizmente, é raro encontrarmos pessoas que se alegram com a felicidade alheia, uma vez que a maioria das pessoas que passam pelas nossas vidas, não desejam o nosso sucesso, entretanto, da mesma forma que existem pessoas pobres de alma, existem também pessoas ricas de luz.

Pessoas assim, tem o poder de iluminar qualquer ambiente escuro e nos beijar a alma através de um simples abraço, mudando o nosso dia, e o de pessoas que têm a sorte de encontrá-las pelo caminho.

Por outro lado, devemos manter os nossos corações esperançosos, acreditando que ainda existem pessoas bondosas, e exercitar a nossa bondade também. O que plantamos, colhemos. Se emanarmos coisas boas, coisas boas virão ao nosso encontro. Se emanarmos o contrário, permitiremos que coisas más entrem nas nossas vidas.

É tão lindo quando pessoas lindas cruzam a nossa estrada. Elas nos fazem ver a vida por outra perspectiva, e nos mostram que é possível manter laços sólidos por meio da reciprocidade. E através de um gesto, conseguem mudar nosso dia em fração de segundos.

A vida fica muito mais real quando esquecemos, por um momento, as amizades virtuais e desfrutamos a companhia que se faz presente de corpo, alma e coração. É tão bom quando encontramos pessoas que fazem questão de nossa companhia.

Uma prosa regada de risos e leveza nos mostra que apesar dos momentos passarem na velocidade da luz, vale a pena acreditar que podemos encontrar anjos sem asas.

Quando a vida é generosa conosco, e nos presenteia com pessoas que carregam, em si, pureza, devemos abraçá-las reservando um lugarzinho no lado esquerdo do peito.
“Nem todos os anjos tem asas, às vezes, eles têm apenas o dom de te fazer sorrir.”

Créditos: Larissa Dias

Partilha