“É estranho estar a sofrer e estar o mundo a ver”, confessou Ana Catharina que foi informada da morte do pai este fim de semana.

A gala de ontem foi, assim, dedicada à concorrente e no confessionário ela disse o que estava a sentir:

“Como está o seu coração?” perguntou Cláudio Ramos.

“Está indo. É muito estranho porque quando eu fui receber a notícia estava no confessionário. Pediram para esperar e ir para outra sala. Estavam a Débora e a Fabiana [amigas]. Estavam encapuzadas, com a máscara. Eu não podia tocar. Estava feliz e foi tão estranho”, começou por contar.

A concorrente contou como a notícia foi dada pelas amigas: “A Fabiana disse-me que o meu pai tinha falecido. A minha avó não queria contar porque não queria que eu desistisse. É muito difícil porque a minha família está noutro país. Mesmo que eu pudesse, não ia ter tempo de ir. Não podia abraçar a minha avó por causa desta situação”, referiu.

“É uma situação de impotência porque não posso fazer nada. Acho que aqui dentro ainda estou neste mundo. É estranho estar a sofrer e estar o mundo a ver, mas todo o mundo sofre”, rematou.

Durante o programa de hoje, Ana Catharina recebeu ainda uma mensagem de força da mãe que está no Brasil.

Vê o vídeo aseguir:

Ver essa foto no Instagram

#BBTVI @tvioficial

Uma publicação compartilhada por Big Brother TVI (@bigbrothertvi) em