Em dia de aniversário Júlia Pinheiro afirmou que: “Vi a minha mãe tornar-se minha filha”. A apresentadora fez 57 anos este Domingo e na sua conta de Instagram, não deixou passar a data em branco.

“Dia 6 de Outubro. O dia em que nasci . Hoje , fico mais crescida . Sou uma senhora de 57 anos . Ontem , estive no palco do teatro de Arcos de Valdevez. Agora, vou descer até Lisboa e comemorar, tranquilamente com os meus filhos, um belo domingo de Outono”, disse a vedeta da SIC.

Júlia, aproveitou a mesma mensagem, para apelar ao voto dos portugueses, dizendo: “Um bom dia para todos e não se esqueçam de ir votar . Temos que ser cidadãos responsáveis”.

Também no seu seu blog ‘Júlia’, a apresentadora aproveitou para fazer uma reflexão: “Alcanço os meus 57 anos com uma imensa serenidade. E isso deixa-me feliz. Talvez seja a sabedoria dos dias que passam, velozes mas cheios, e a convicção de que sou capaz de me defrontar ainda e sempre com o que o destino traçou”, começou por dizer a apresentadora da SIC.

E continuou: “Do ponto familiar, vi a a minha mãe tornar-se minha filha, uma transformação que ainda não está sarada nem assimilada. Mas vê-la autónoma, inteira, ainda que muito frágil, é o preço que tenho que pagar pelos 81 anos que acabou de completar. Profissionalmente, foi um ano de ouro. Um programa de televisão com resultados maravilhosos e o abismo do teatro, eterno fantasma na minha vida. Aconteceu! Os Monólogos da Vagina foram o oxigénio de um ano em que tive”.

A apresentadora terminou agradecendo a todos os que com que ela estiveram ao longo de mais um ano da sua existência.