Parte das dívidas de Joe Berardo já foram pagas pelos portugueses. De acordo com informação do jornal o Observador citando o Expresso “os contribuintes portugueses já pagaram parte das dívidas de Joe Berardo”.

A dívida do comendador fez com que o Novo Banco tivesse que pedir mais 1.149 milhões de euros junto do Fundo de Resolução que se trata de uma entidade pública e cuja despesa conta para o défice orçamental.

O Observador dá conta que “no ano passado o Novo Banco aumentou as imparidades relativas aos créditos concedidos à Fundação Berardo — isto significa que o banco reconheceu que a confiança na recuperação do dinheiro emprestado diminuiu”.

Daqui se pode concluir que os contribuintes ao ajudarem o Novo Banco e perceberam que este pediu mais dinheiro por causa da dívida de Joe Berardo, estão perante um pagamento pelo “povo” dessa mesma dívida.

Berardo tem uma divida para com o Novo Banco de cerca de 327.7 milhões de euros, mais eventuais juros e despesas inerentes ao crédito ao qual não cumpriu.

Joe Berardo tem dívidas ao Novo Banco, Caixa Geral de Depósitos e BCP e são esses os bancos que procuram no momento executar as dívidas do comendador. A penhora das obras de arte é uma ajuda para pagamento parcial da dívida.

Créditos: Jornal Económico