Bolsonaro disse que “só Deus” o tira da Presidência da Republica”. Num discurso realizado ele disse que o Brasil “tem hoje um presidente que acredita em Deus” e “defende a família e deve lealdade ao seu povo”.

Ele falou sobre a liberdade de religião e a liberdade de expressão e disse que “a liberdade é um bem maior do que a própria vida” e comparou o seu momento atual com o juramento que fez quando ingressou nas Forças Armadas. “Há 40 anos, jurei dar a vida pela pátria. Hoje, todos nós daremos a vida pela nossa liberdade”, disse.

O discurso durou durou cerca de cinco minutos e foi celebrado pelos participantes da marcha.