Uma bebé morreu asfixiada depois de ser esquecida na cama dos pais. Asha-May Finney Hulme tinha apenas 18 dias de vida e o inquérito da morte foi concluído recentemente, por conta de depoimentos divergentes dos pais.

Os dois disseram inicialmente à polícia e a profissionais médicos que a menina foi encontrada sem vida no berço e que eles fizeram manobras de ressuscitação até que o apoio médico chegasse.

A criança chegou a ser levada para o Royal Cornwall Hospital, em Truro, mas não resistiu. O óbito foi então registado como morte infantil repentina e inexplicável, por possível obstrução de vias aéreas.