A agressão de agentes da PSP para travar ajuntamento no Barreiro originou um inquérito disciplinar. No vídeo é possível verificar pelo menos quatro agentes da polícia a agredir o suspeito.

Um grupo de indivíduos encontrava-se a consumir bebidas alcoólicas na via pública, não dando cumprimento ao Estado de Emergência.

No local, PSP “adotou uma postura de confrontação e oposição contra a ação policial, nomeadamente injuriando um dos polícias”.

Suspeitando-se que estaria na posse de estupefacientes, o suspeito recusou revista e os polícias procederam “à restrição do suspeito e a uma revista coerciva do mesmo, tendo sido encontrado na sua posse haxixe e uma arma branca proibida, denominada “butterfly”, pelo que se procedeu à sua detenção”.

O comunicado afirma ainda que os homem manteve, “quer durante o transporte para as instalações policiais, quer no interior das mesmas”, uma comportamento agressivo e ameaçador.